MAVRS

Gravurista e arte-educadora nascida em Farroupilha – RS, Marinês Busetti desenvolveu sua obra de forma ininterrupta desde 1987, quando começou a exibir seu trabalho profissionalmente em salões, galerias e museus até chegar a participar da 1ª Bienal Sul-Americana de Gravura e Arte Impressa, em 2014. Como arte-educadora, desenvolve oficinas num espaço denominado “Chalé da Xilo”, onde oferece aulas com foco no desenho, na xilogravura e na monotipia.

Na primeira fase de seu trabalho, se destacam os desenhos tridimensionais, as colagens e pinturas. Mas em 2003, Marinês começou a desenvolver pesquisas na técnica de xilogravura, e é aí que seu trabalho entra em evidência. A partir de uma experiência com origamis, desdobrou as folhas e observou as formas geométricas dos vincos que ali se deram. A partir de então, estudou novas formas de composição, usando impressões próprias da época dos origamis, por vezes criações geométricas atuais, buscando além de papéis tradicionais, outros suportes para impressão como folha de jornal, papel camurça e revistas, interferindo por vezes na repetição dos módulos com lápis de cor ou colagem.

Coloca que seu objetivo é “provocar a sensibilização do olhar através de um processo seletivo de percepção, que ora destaca uma forma, ora outra, num jogo de entra e sai de figura-fundo em pulsação constante”. A intensão da artista é fazer refletir a relação entre a cópia e a matriz, a repetição, as várias formas de se ver uma imagem e as várias faces de uma ideia.

 

Texto: Mariá Battesini Teixeira, acadêmica do curso de Artes Visuais/UPF e Estagiária do MAVRS.

 

Universidade de Passo Fundo - Divisão de TI | BR 285, São José | Passo Fundo/RS | CEP: 99052-900
(54) 3316-8100 | informacoes@upf.br | © Universidade de Passo Fundo